Leitura

Desafio A Taba 12 livros em 1 ano – Bárbaro

10 de abril de 2017 por Denise Guilherme

Desde janeiro de 2016, A Taba propôs um desafio a todos que acompanham o seu conteúdo: conhecer, todos os meses, um livro diferente e compartilhar suas experiências de leitura com pessoas de todo o Brasil, em um bate-papo online.

Durante 12 meses, traçamos um panorama da produção literária voltada para a infância, conversando sobre os livros e aprendendo junto com outros leitores.

Neste ano, o Desafio continua!

Em janeiro, propusemos a leitura do livro “O coração e a garrafa” de Oliver Jeffers (Clique aqui para ver como foi a roda de leitura).

Em fevereiro, lemos “Ponto a ponto”, de Ana Maria Machado.

No mês de março, o Desafio foi ler o livro “Bárbaro” do escritor paulista Renato Moriconi.

Veja como foi a conversa!

A leitura é uma experiência muito mais interessante quando pode ser compartilhada!

Fique à vontade!

A Taba é de todos!

 

Denise Guilherme Denise Guilherme é Mestre em Educação, formadora de professores e consultora na área de projetos de leitura. Desde cedo, apaixonada por palavras ditas e escritas. Descobriu nos livros um caminho para entender a si mesma e aos outros. E ficou tão encantada com o que viu que decidiu compartilhar com o mundo.

compartilhe essa leitura!

banner superior

deixe seu comentário!

5 comentários

Emily Anne Stephano

19 de abril de 2017

Vi esse livro em uma livraria de Santiago

responder

Leitura Infantil - Isso Muda o Mundo

20 de abril de 2017

Já começou! Não estou conseguindo ver.

responder

A Taba

20 de abril de 2017

Começou, sim!

responder

A Taba

20 de abril de 2017

https://blog.ataba.hefesto.io/desafio-a-taba-12-livros-em-1-ano-barbaro

responder

Rosane Rösing

20 de abril de 2017

Excelente como sempre! Bárbaro é uma leitura incrível! Parabéns A Taba!

responder

Liane Barbosa

20 de abril de 2017

Caríssimas, adorei a conversa! Eu também descobri o livro junto com minhas filhas, descobrimos juntas o final, a cara de surpresa foi geral, rimos juntas. Voltamos a ler o livro um montão de vezes depois sendo que elas é que contavam e davam nome aos seres que apareciam. Minha mais velha percebeu o olho fechado e disse "nossa mãe ele é muito valente mesmo, ta até de olhos fechados!" Beijos

responder

Laís Froes

1 de maio de 2017

Priscila Beccatti

responder