7 dicas para formar filhos leitores

por:

Quer ter filhos leitores? Confira as dicas abaixo:

1. Comece a ler desde a gestação.

Pode parecer estranho fazer a leitura de textos em voz alta para a barriga, mas está provado que – desde os primeiros meses de vida – os bebês são capazes de ouvir. E mais importante do que a escuta, é a criação do vínculo que pode se estabelecer entre pais, filhos e livros.

2. Defina um tempo para leitura no dia a dia.

Torne essa experiência algo que faça parte da rotina da família. Não é preciso criar grandes rituais, mas a frequência ajuda na construção do hábito.

3.Deixe a vergonha de lado.

Não tenha medo de resgatar o ator/atriz que há em você. Faça vozes, crie brincadeiras, divirta-se.

4. Fique atento à escolha de livros.

O mercado está repleto de livros para crianças que não possuem qualidade literária e que subestimam a inteligência do leitor. Deixe de lado critérios como idade e gênero. Procure indicações que contemplem a experiência leitora, os interesses do seu filho e os temas que gostaria de apresentar a ele.

5. Frequente bibliotecas e livrarias.

Acompanhe blogs e sites especializados, como A Taba. Garimpe, procure além dos livros que estão expostos nas prateleiras. Aprenda a escolher, escolhendo.

6. Mantenha os livros ao alcance

Mesmo no caso das crianças muito pequenas. Não tenha medo que eles se danifiquem. Livro bom é livro lido.

7. Ajude seu filho a formar uma biblioteca pessoal.

Ela poderá ajudá-lo a contar a sua história de leitor. Invista uma parte do seu orçamento para compra de livros. Os serviços de assinaturas, como o Clube de Leitores – A Taba – podem ser uma ótima forma de fazer isso, com obras selecionadas por especialistas e entregues mensalmente em casa.
* As dicas acima foram compartilhadas no bate-papo realizado em janeiro com Daisy Carias de Oliveira onde conversamos sobre as relações entre pais, filhos e livros e sua importância na formação de novos leitores.
Daisy é jornalista e escreve periodicamente no blog A cigarra e a formiga indicando os livros e outros produtos culturais que experimenta junto com seu filho, Francisco.

 

deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

71 comentários
  • Parabéns pela importante matéria. Estou escrevendo, também, para crianças. Meu quarto livro infantil foi lançado em fins de 2014:As aventuras do lagartinho verde.

  • Nossa ótimas dicas, eu sou uma prova de que elas funcionam, quando eu era criança minha mãe comprou uma estante pra ser minha mini biblioteca e sempre me levava nos sebos da minha cidade pra comprar livros. Desde então minha paixão por livros nunca parou, hoje tenho uma biblioteca digamos dez vezes maior da que eu tinha quando criança e ela continua crescendo graças aos meus pais que sempre incentivaram.

  • Olhe Vera Santos,meu filho era a mesma coisa,não gostava de ler ,só queria ouvir as histórias.Comecei a comprar livros com bastante gravuras e todos os dias incentivava a ele ler 2 páginas.Como o livro é interessante e com bastante ilustrações ele foi se interessando e hoje ele não só ler 2 páginas por dia.Ele já leu 5 livrinhos de uma coleção em menos de 1 mês.Estou muito feliz com o desenvolvimento dele.

  • Vera eu tenho uma filha de 7 anos que é apaixonada por leitura!!! Eu e meu esposo sempre líamos para ela, ganhou seu primeiro livro com 1 mês de vida (Os contos clássicos – Um livro lindo, com laterais douradas, capa dura alcochoada e desenhos maravilhosos. Antes de ela completar um ano o livro estava destruido…rsrs). Para ela começar a ler sozinha nós começamos a dividir a leitura do livro… primeiro ela lia apenas algumas palavras (Isso com 4-5 anos), depois lia frases pequenas, depois frases maiores. Com 6 anos ela tinha que ler uma página e nós outra… Antes de ela completar 7 anos ela leu um livro de 120 páginas sozinha (Kylie Jean – A rainha do mertilo) e só no ano de 2015 ela já leu dois livros sozinha e tem pedido os outros livros da coleção Kylie Jean. No entanto, apesar de ela comecar a ler os livros sozinha, nós continuamos a ler um livro em paralelo para ela… no caso dela é a coleção Harry Potter… Eu li em algum site que mesmo que as crianças passem a ler seus livros sozinhas, se nós pais quisermos que eles continuem sendo leitores devemos manter uma leitura em grupo, onde nós lemos para eles. Essa é a minha experiência com leitura!!! Boa sorte na sua caminhada!! Abraço

  • Vera eu tenho uma filha de 7 anos que é apaixonada por leitura!!! Eu e meu esposo sempre líamos para ela, ganhou seu primeiro livro com 1 mês de vida (Os contos clássicos – Um livro lindo, com laterais douradas, capa dura alcochoada e desenhos maravilhosos. Antes de ela completar um ano o livro estava destruido…rsrs). Para ela começar a ler sozinha nós começamos a dividir a leitura do livro… primeiro ela lia apenas algumas palavras (Isso com 4-5 anos), depois lia frases pequenas, depois frases maiores. Com 6 anos ela tinha que ler uma página e nós outra… Antes de ela completar 7 anos ela leu um livro de 120 páginas sozinha (Kylie Jean – A rainha do mertilo) e só no ano de 2015 ela já leu dois livros sozinha e tem pedido os outros livros da coleção Kylie Jean. No entanto, apesar de ela comecar a ler os livros sozinha, nós continuamos a ler um livro em paralelo para ela… no caso dela é a coleção Harry Potter… Eu li em algum site que mesmo que as crianças passem a ler seus livros sozinhas, se nós pais quisermos que eles continuem sendo leitores devemos manter uma leitura em grupo, onde nós lemos para eles. Essa é a minha experiência com leitura!!! Boa sorte na sua caminhada!! Abraço

  • Já li alguns livros pra minha pequena Maria Luisa..O último foi Uma Zebra fora do Padrão de Paula Browne..Ela tem 3 aninho e claro não sabe ler ainda, mas entende tudo quando se ler pra ela , faz muitas perguntas e questiona sobre as ilustrações que ver ….Acho o máximo ..

  • Tartaruga Nara

    acompanhe a gente!