Achou?

por:

No novo livro da premiada ilustradora Aline Abreu o leitor irá encontrar muita coisa! Desde o título,  tudo é convite para a interação com a história que se desdobra a cada virada de página. 

Os textos são breves e rimados, tornando a leitura em voz alta ainda mais sonora e prazerosa. As ilustrações são belíssimas, cuidadosamente elaboradas e fazem com que o leitor possa acessar diferentes narrativas: uma que dialoga diretamente com o texto e com a busca por algo específico como o cachorro sem osso ou o urso dorminhoco. E outra que se dá somente pelas imagens e pelos detalhes escondidos em cada página.  

Aproveite para explorar todas essas curiosas cenas com seu bebê e passear pelo livro com tempo e atenção, identificando cores, animais e brincando a cada nova descoberta.

Quem é Aline Abreu?

Achou? Aline Abreu

Desde pequena Aline Abreu se conectou com a escrita e a palavra. Gostava de escrever e em um caderno secreto elaborava poemas e pequenas histórias. Estes textos compunham uma espécie de diálogo com sua avó paterna, que Aline nunca chegou a conhecer, mas que todos diziam que se parecia muito com ela. 

Mesmo tão próxima às letras, a ilustradora acabou decidindo pela faculdade de Artes plásticas. Foi assistente de uma artista, conheceu diversas linguagens e se encantou sobretudo com a ilustração. A literatura infantil foi, então, uma forma de conectar o seu gosto pela palavra e pela imagem. 

Aline já ilustrou livros de diversos autores e também lançou projetos autorais. O livro “Quase ninguém viu” (Jujuba), venceu o Prêmio João-de-Barro de Livro Ilustrado em 2016. Em 2020, a autora recebeu o Troféu Monteiro Lobato, concedido pela Revista Crescer.

Por que escolhemos o livro “Achou?” para os bebês assinantes do Clube de Leitores A Taba?

Cada vez mais encontramos no mercado editorial livros elaborados pensando no público específico dos bebês e isso é ótimo! Longe de serem simples, são obras que podem trazer muitas camadas de leitura. Muitos deles, como “Achou?”, apresentam ilustrações detalhadas e coloridas; imagens ou palavras que fazem parte do repertório dos pequenos e que podem ser reconhecidas e ou descobertas.  Textos curtos, mas não menos convidativos e jogos que pedem a resposta do pequeno leitor, são algumas das ferramentas usadas pelos autores e ilustradores para rechear as leituras e promover momentos de leitura e afeto entre adultos e crianças. 

deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários
Tartaruga Nara

acompanhe a gente!