Qual a diferença entre ler e contar histórias?

por:

Algumas vezes, contar histórias é confundido com o próprio ato da leitura.

Mas, neste vídeo, produzido para a revista Nova Escola, Denise Guilherme explica a diferença das duas atividades.

Idealizadora da Taba e formadora de professores, ela conta que nenhuma ação é melhor que a outra, mas que são momentos diferentes de contato com a língua.

O trabalho com o livro vale para valorizar o suporte e o que está escrito, mostrar de onde vem aquela história e de que forma ela está escrita, tal qual o fez o autor.

Já na narração de histórias, há a possibilidade da improvisação, de utilização de elementos da linguagem oral, do contador se colocar em uma posição em que há maior contato visual com as crianças e uma maior interação.

Nessa situação, ainda é possível agregar outros elementos à história para deixá-la mais rica, mesmo sem mudar o roteiro original.

O importante é que a escola alterne essas duas linguagens, com momentos de leitura e momentos de narração de histórias. O professor deve apresentar a leitura, o autor, mostrar de onde foi tirada aquela história, que ele comente porque a escolheu, que apresente o objeto livro. 

Mas também é valioso que ele conte a história, que ele traga de volta essa prática milenar, a tradição da cultura oral de transmissão de histórias de geração a geração.

Confira:

Gostou do vídeo? Conheça o canal do YouTube da Taba, onde você encontra mais conteúdos como este.

Confira outros textos sobre contar histórias:

Bate-papo A Taba: Como e por que contar histórias para crianças?

Bate-papo A Taba: Contar histórias no mundo digital

deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 comentários
  • Parabéns Denise por mais essa conquista e que nesse novo ano, muitas outras realizações possam ajudar crianças, pais e principalmente, nós professores a ler, encantar e colaborar afim de melhorar os vários comportamentos leitores dessa nova geração que estamos a formar. Beijos.

  • Parabéns Denise por mais essa conquista e que nesse novo ano, muitas outras realizações possam ajudar crianças, pais e principalmente, nós professores a ler, encantar e colaborar afim de melhorar os vários comportamentos leitores dessa nova geração que estamos a formar. Beijos.

  • Tartaruga Nara

    acompanhe a gente!

    receba as novidades da Taba em primeira mão: