Bate-papo

Grande encontro sobre poesia infantil

Aconteceu hoje mais um Grande Encontro da Taba! Hoje conversamos sobre poesia infantil com Edimilson de Almeida Pereira, Lalau, Leo Cunha, Lúcia Hiratsuka e Selma Maria Kuasne.

Os autores falaram sobre suas motivações para escrever poesia, suas inspirações na infância que viveram, e como esse texto circula na escola e em outros ambientes.

O grande encontro foi transmitido pelas redes sociais da Taba: Instagram (@atabaleituraemrede), Facebook (@leituraemredelivros) e YouTube.

Assista à conversa completa:

Edimilson de Almeida Pereira é mineiro, poeta, ensaísta e professor de Literatura Portuguesa e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Juiz de Fora. Possui uma obra extensa e múltipla, com publicações nas áreas de poesia, literatura infanto-juvenil e ensaio, na qual se destacam Os reizinhos de Congo (2004) e O primeiro menino (2013) – e Poemas para Ler com palmas (2017).

Lalau é paulista Bairro do Cambuci,  começou a escrever para crianças incentivado pelo seu grande mestre José Paulo Paes – um dos maiores poetas brasileiros. Formado em Comunicação Social, Lalau atua como publicitário, trabalhando também com desenho e computação gráfica. Já publicou mais de vinte livros, sempre em parceria com Laurabeatriz. Algumas de suas obras receberam importantes reconhecimentos, como o selo “Altamente Recomendável” da FNLIJ.

Leo Cunha estudou jornalismo e depois se especializou em literatura infantil. É professor universitário desde 1997, na PUC-Minas (pós-graduação) e no UniBH. Fez Mestrado em Ciência da Informação e Doutorado em Artes, ambos pela UFMG. É também tradutor, compositor e dramaturgo. Vem trabalhando na área desde 1991, quando publicou a sua primeira história. Hoje, tem mais de 60 livros publicados, a maior parte para o público infantil e juvenil, e recebeu importantes reconhecimentos por várias de suas obras.

Lúcia Hiratsuka é paulista, da cidade de Duartina, interior de São Paulo. Cursou a faculdade de Belas Artes e, em 1988 recebeu uma bolsa de estudos para a Universidade de Educação de Fukuoka no Japão, onde dedicou-se a estudar os livros ilustrados. É autora de diversos livros para crianças, pelos quais recebeu importantes prêmios como o Jabuti de ilustração e Melhor Reconto FNLIJ em 2008, além de vários selos Altamente Recomendável. Seu livro Orie (Pequena Zahar, 2014) foi eleito o Melhor Livro para Crianças da FNLIJ/2015 e escolhido para o catálogo White Ravens da Biblioteca de Munique e para a Lista de Honra FNLIJ-IBBY/2016. Seu livro “Chão de Peixes” – de haicais – recebeu o 1º lugar no Prêmio Literário da Fundação Biblioteca Nacional, Cátedra da Unesco e Selo Altamente Recomendável da FNLIJ.

Selma Maria é multiartista. Formada em artes visuais é escritora, atriz performática, criadora de objetos e exposições que brincam com a palavra. Também pesquisa brinquedos e durante uma das suas viagens pelo Mato Grosso do Sul visitou o poeta Manoel de Barros que lhe deu uma lição de casa: vai ser escritora. Com esse belo empurrão amigo, ela fez 20 livros, alguns com premiações e selos da FNLIJ. É idealizadora do Nutrir a Infância, projeto que alimenta as crianças com palavras. 

Leia também:

10 motivos para ler poemas para crianças

60 livros de poemas infantis para qualquer idade

Autor Ataba

Luísa Cortés Apaixonada por histórias desde criança, não deu outra: foi estudar Letras e Jornalismo para contar as suas próprias. Hoje, edita o blog da Taba, numa missão de contaminar cada vez mais pessoas com o vírus da leitura.

compartilhe essa leitura!

deixe seu comentário!

0 comentários