Histórias tecidas em seda

por:

Histórias tecidas em seda

Lúcia Hiratsuka consegue, com sua maestria, registrar três histórias muito antigas, que conheceu em sua infância, em uma bela obra com vivas imagens e um texto poético. Em Histórias tecidas em seda, o mundo oriental é representado com respeito à cultura japonesa, destacando – principalmente  – a importância dos antepassados, por meio de personagens que transbordam uma confiança muito forte na vida.  

Em todos os contos, a autora cria enredos que nos fazem querer avançar nas páginas e descobrir como cada um dos personagens resolverá os desafios que lhes foram propostos.

No conto O Pássaro do poente, uma mulher tece os mais lindos tecidos. De onde vem tamanha habilidade? Em, Hachikazuki, uma menina vive com um vaso na cabeça, colocado por sua mãe antes de falecer, dizendo que isso lhe traria felicidade. Será que isso é possível? Em Tanabata, um camponês se apaixona por uma jovem mulher que vive em um reino no alto das nuvens. Como fará para viver junto dela? 

As respostas, com certeza, encantarão os leitores e as leitoras, abrindo espaços para preciosas conversas.

Resenha produzida pela equipe A Taba, especialmente para o exclusivo Mapa de Exploração da obra.

Quem é Lúcia Hiratsuka?

lucia hiratsuka histórias tecidas em seda

Descendente de japoneses, Lúcia Hiratsuka nasceu em um sítio, no interior de São Paulo, chamado Asahi, que em japonês significa “sol da manhã”. A autora e ilustradora sempre esteve cercada por poesia, desde o nascimento, e teve uma infância em meio à natureza e aos livros, não só aqueles lançados no Brasil, como também os que vinham do Japão. Ela conta que sua avó adorava contar histórias, todas elas partiam das lembranças de sua infância vivida no Japão. O resultado dessa experiência rica foi uma vasta obra, repleta de poesia e histórias marcantes que – geralmente – apresentam algo do país em que seus ancestrais viveram. 

Por que escolhemos Histórias tecidas em seda para enviar aos assinantes do Clube de Leitores A Taba?

Conhecer povos e culturas diferentes é uma das formas de ampliar a nossa visão de mundo. Os contos tradicionais, as histórias transmitidas de geração em geração, carregam, além do enredo, formas de pensar, costumes e tradições. Em Histórias tecidas em seda, Lúcia Hiratsuka compartilha de maneira generosa algumas das narrativas que ouviu em sua infância. E ao nos transmitir este legado, também nos presenteia com um belíssimo retrato de seu povo, conduzindo-nos a um mundo particular, repleto de grande reflexões sobre a vida.


Faça parte do Clube de Leitores A Taba e receba livros infantis incríveis na sua casa todo mês

Clube de Leitores A Taba

deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 comentário
Tartaruga Nara

acompanhe a gente!